nav-left cat-right
cat-right

Coleção Brasiliana da Oca Brasil

O arquiteto Flavio Moura foi um dos privilegiados no ano passado a utilizar uma das peças da nova coleção: na Casa Cor Bahia aplicou um dos padrões da Linha Colonial em faixas na parede da cabeceira do chamado "Studio Blanche", seu espaço no evento. Clique para ver maior.

O arquiteto Flavio Moura foi um dos privilegiados ao utilizar uma das peças da nova coleção: na Casa Cor Bahia 2015 aplicou um dos padrões da Linha Colonial em faixas na parede da cabeceira do chamado “Studio Blanche“, seu espaço no evento. Clique para ver maior.

Uma das novidades mais bonitas que vi nos últimos tempos, a Coleção Brasiliana da Oca Brasil, será apresentada em evento na próxima segunda, dia 29, em São Paulo. Obviamente que o acontecimento é dirigido aos visitantes da Expo Revestir – que começa na terça, dia 1º/03, como já disse aqui – mas é preciso realmente entender o valor desta coleção.

A ideia da empresa – que é líder do mercado de revestimentos naturais em madeira certificada – foi a de recuperar a herança cultural de mais de 500 anos de design e de poética visual brasileira. E, para tanto, contaram com a expertise de Renata Rubim, designer de superfícies das mais habilidosas e com experiência vasta no assunto em nosso país. A coleção tem como inspiração três períodos distintos de nossa história: Tribal, Colonial e Modernista.

Na linha "Tribal" formas básicas com lindas cores foram utilizadas.

Na linha “Tribal” formas básicas em lindas cores foram utilizadas.

A primeira vem com motivos étnicos e geométricos, representando o período pré colonização portuguesa, quando inúmeras tribos indígenas – cada uma com sua cultura e, portanto, visuais diferentes – dominavam o território nacional. São três estampas que mantêm a mesma linguagem visual.

A azulejaria portuguesa domina a linguagem da linha Colonial, contando com inúmeras intervenções.

A azulejaria portuguesa domina a linguagem da linha Colonial, contando com inúmeras intervenções.

Já a linha Colonial se refere ao tempo do Brasil colônia, quando Portugal ditava as regras em toda a sociedade. A grande inspiração deste momento são os belíssimos azulejos portugueses, com toda sua riqueza de detalhes e vasta representatividade de formas geométricas e orgânicas.

Traços de Burle Marx foram recuperados na linha Modernista.

Traços de Burle Marx foram recuperados na linha Modernista.

O movimento moderno no Brasil guia o terceiro eixo da coleção Brasiliana: inspirada no trabalho de Burle Marx, as estampas da linha Modernista são abstratas, com fortes traços do concretismo e do construtivismo, movimentos que efetivamente mudaram o jeito do mundo ver as artes plásticas.

Um outro padrão inspirado no modernismo brasileiro.

Um outro padrão inspirado no modernismo brasileiro.

A Coleção Brasiliana foi toda programada dentro do formato tradicional do ladrilho português, com 20 x 20 centímetros de medida base. É produzida em painel de eucalipto ou valchromat usinado, e pode receber os mais diversos tratamentos de cor, da laca alto brilho à tinta comum. Cada metro quadrado comporta 25 peças cuja estética e personalidade exibe um período de nossa história.

Renata Rubim nos conta que “foi um trabalho de equipe entre Luisa Santos, Paula SZK, eu e os diretores da empresa. Os desenhos são todos nossos, sendo que a linha Modernista nasceu de uma evolução de uma logo do escritório”.

E mais da azulejaria portuguesa: olha a beleza deste padrão da linha "Colonial" em ébano e madeira!

E mais da azulejaria portuguesa: olha a beleza deste padrão da linha “Colonial” em ébano e madeira!

Eu achei o trabalho lindíssimo e dos mais exclusivos. Na verdade, o que já vi de utilização da nova linha – que teve uma parte lançada informalmente no ano passado – só me faz pensar que este é um revestimento muito especial, elegante e apropriado a espaços muito nobres. Tanto os acabamentos feitos com a própria madeira, quanto os que mesclam cores com os veios do eucalipto são fantásticos para serem trabalhados em qualquer lugar. Como já houve uma boa repercussão fora do país, acho que agora é a hora e a vez de nossos profissionais atentarem para esta maravilha que está bem aqui, pertinho da gente. Só posso imaginar o que vai ser criado com tudo isso e suspiro… smiley2

Related Posts with Thumbnails
Share

Deixe um Comentário