nav-left cat-right
cat-right

De Rosa Pinc para a Butzke

Detalhe bonito que mostra bem o tampo em cerâmica da mesinha auxiliar da linha Rosa Pinc para a Butzke.

Detalhe bonito que mostra bem o tampo em cerâmica da mesinha auxiliar da linha “Rosa Pinc” para a Butzke.

Parece até dedicatória de cartão de fim de ano – ou de livro – não é? Mas o título desse post é bem “no pontinho” onde eu gostaria de focar o trabalho que a ceramista Rosa Pinc – muito conhecida e valorizada no meio de profissionais de interiores – fez para a catarinense Butzke, ainda no início de 2016, e foi bem badalado durante a feira da ABIMAD Associação Brasileira das Indústrias de Móveis de Alta Decoração – sim, este também é um post atrasadésimo que deveria ter sido feito há muuuuuuito tempo atrás e que estou “pagando” antes que finde o ano como falei em post anterior

Banquinhos "garden seat" com assento em madeira ou cerâmica.

Banquinhos “garden seat” com assento em madeira ou cerâmica.

 

O caso é que, como eu já disse, Rosa é muito considerada no meio dos interiores e da decoração, e eu sou mais uma fã de seu trabalho. Ao saber da parceria com a Butzke fiquei super esperançosa de ver algo muito, muito legal, mas confesso que vi menos do que esperava – me perdoem todos os envolvidos. Não que o que foi criado não ficou bom, não é isso: achei de muito bom gosto aliar os banquinhos e mesinhas com estrutura em madeira meio tom (ou mais clara mesmo), com tampos em cerâmica em tons muito bonitos que me lembraram alguns mármores. E acredito ter sido dificílimo ajustar a produção das bases aos tampos, principalmente se pensarmos no acabamento de mobiliário de alto padrão que “deveria” ser alcançado por dois processos: o cerâmico (que não podia conter bolhas, falhas, trincas, irregularidades, etc.), e o da carpintaria (que deveria receber a peça cerâmica sem manchá-la, e ter bordas lixadas, bem cortadas, com encaixes perfeitos, etc… )

Mesinhas laterais (ou "auxiliares") em dois tamanhos: 30 ou 35 centímentros de diâmetro.

Mesinhas laterais (ou “auxiliares”) em dois tamanhos: 30 ou 35 centímetros de diâmetro.

Quem é do meio ou, pelo menos, tem alguma noção do que vem acontecendo entre empresas e designers, entre empresas e artesãos, e até mesmo entre empresas de produtos seriados – caso da Butzke – e artistas plásticos – isto é, aqueles que criam uma, e apenas uma peça, exclusivamente uma vez, sem repetição – sabe que o momento é de estreitar os laços entre estes “fazeres”. É muito interessante – apesar de bem difícil – conseguir pegar aquela mesa, cadeira, banco ou seja lá o que for, que é produzido aos milhares a valor de centavos por uma máquina e agregar um diferencial que seja “handmade“, ou seja, feito à mão. Mas é isso que as pessoas vêm pedindo. É o movimento do se sentir diferente, especial e… ÚNICO. E penso que a Butzke sabe perfeitamente bem disso, senão não teria nem iniciado a parceria com Rosa. Entendo também que seja um desafio e tanto unir a cerâmica super especial e feita uma a uma, de uma ceramista/artista plástica como Rosa, a uma produção tão grande e complexa como a da Butzke, mas penso que há que se trilhar neste caminho com vontade, de modo a se chegar a uma situação onde a artesanía e a indústria se encontrem à perfeição.

A mesa "Rosa", toda em madeira, tem design de Rosa Pinc para a Butzke.

A mesa “Rosa“, toda em madeira, tem design de Rosa Pinc para a Butzke.

Sim, eu li no site da Butzke que o trabalho com Rosa é apenas a “primeira parceira em série limitadas“, ou seja, parece ser uma nova empreitada da empresa: estabelecer um trabalho com renomados artesãos brasileiros em linhas de produção limitadas, que efetivamente reúnam design e exclusividade. Fico feliz em saber que haverá outras parcerias e que este foi apenas um primeiro trabalho. Quem sabe nos próximos um entrosamento maior aconteça e haja um aprofundamento do nível de união entre fazeres?

Torço para isso mas fico com pena: creio que o encontro entre Rosa Pinc e a fabricante de mobiliário poderia ter sido muito mais profundo, muito melhor aproveitado. Aguardemos: quem viver, verá!

Related Posts with Thumbnails
Share

Deixe um Comentário