nav-left cat-right
cat-right

Novidades da Oca Brasil na Expo Revestir 2017

Lindos tons de verde complementados por designs bem brasileiros fazem os azulejos da Linha Tropicália da Oca Brasil.

Lindos tons de verde complementados por designs bem brasileiros fazem os azulejos da Linha Tropicália da Oca Brasil.

Um dos melhores lançamentos da última Expo Revestir, a nova Coleção Tropicália da Oca Brasil teve em sua criação uma “assinatura de peso”: ninguém menos que nossa amiga e designer de superfícies Renata Rubim. Logo que vi, pensei: “vai ter post“…

Outro painel da nova linha compondo com tons ocres.

Outro painel da nova linha compondo com tons ocres.

Em parceria com Laura Ahrons – diretora da empresa baiana – Renata, compôs uma coleção que homenageia o movimento tropicalista, que completa 50 anos em 2017. Pensando em “trópicos”, “tropical”, “Brasil”, as primeiras ideias da dupla vieram permeadas de elementos da fauna e flora brasileira. Todo o colorido característico de nossas florestas, somado ao amarelo (e tons) que aparecem lá e cá, fazem uma miríade de cores presente em qualquer espaço verde deste imenso país e foram transformados em ladrilhos nos tamanhos 20×20, 20×40 e 40×40, onde palmeiras, costelas-de-adão, abacaxis, cajus, micos, tucanos e uma boa variedade de flores, frutos, folhagens e plantas encontrados na mata atlântica foram bem destacados.

A base da nova linha é toda feita em madeira de eucalipto com acabamento em laca. O tom ‘Greenery‘ – um verde dos mais bonitos – definida pela Pantone® como a cor de 2017, dá vida aos produtos e sustenta o ar de novidade, juntamente com tons ocres, como laranja e mostarda. É de verdade algo original, muito representativo de nosso país e com enorme potencial para se tornar uma tendência das mais bonitas e interessantes, se bem utilizada, em uma série de situações.

A nova solução da Oca para forros, fachadas e decks resulta da pesquisa com madeira Teca tremada e também é muito bonita! Aqui, a apresentação em placas.

A nova solução da Oca para forros, fachadas e decks resulta da pesquisa com madeira Teca tremada e também é muito bonita: aqui, a apresentação em placas.

Também lançada na ocasião, a empresa oferece novas réguas e placas em madeira ripada feitas de Teca termada, que podem ser utilizadas como revestimento e também para fazer fachadas, forros ou decks. As réguas ripadas têm comprimento de até 3,2 metros, o que garante um traço contemporâneo onde quer que sejam aplicadas. Pensando nisso, a empresa lançou uma série de produtos feitos a partir da Teca termada – técnica que aumenta a resistência e a durabilidade do produto em áreas externas – trazendo uma nova opção também para forros, com cores e padrões variados.

Disponíveis nas cores Teca natural, prata, marfim, chocolate, ébano, branco, branco pátina, bronze e cobre, tanto as réguas quanto as placas de madeira ripada têm excelente acabamento.

Disponíveis nas cores Teca natural, prata, marfim, chocolate, ébano, branco, branco pátina, bronze e cobre, tanto as réguas quanto as placas de madeira ripada têm excelente acabamento.

Uma casa protótipo foi apresentada na mostra exibindo o material que confere um toque minimalista a qualquer espaço e eu “babei” para criar mil coisas: até móveis! 

"Linha Tribal": só um exemplo da Coleção Brasiliana que ficou entre os finalistas no Primeiro Prêmio de Design Casa Vogue.

“Linha Tribal”: só um exemplo da Coleção Brasiliana que ficou entre os finalistas no primeiro Prêmio de Design Casa Vogue.

Ah! Não posso esquecer de falar que a Coleção Brasiliana – de que falei aqui e aqui, também criada por Renata para a Oca – foi finalista do Prêmio Casa Vogue de Design que aconteceu em março, logo após a Expo Revestir. Aparecendo na categoria “Revestimentos”, como não poderia ser de outro modo, a linha desfilou entre os melhores da área com muita justiça – eu, sou fã: falo mesmo!

Related Posts with Thumbnails
Share

Deixe um Comentário