nav-left cat-right
cat-right

Algumas dicas de decoração econômica

Papel de parede? Não: simplesmente tinta aplicada com rolo de tinta especial da inglesa "The Painted House". Bom exemplo de como existem recursos de "Faça Você Mesmo" que decoram uma casa com jeito de profissional. Clique para ver maior.

Papel de parede? Não: simplesmente tinta aplicada com rolo de tinta especial da inglesa “The Painted House“. Bom exemplo de como existem recursos de “Faça Você Mesmo” que decoram uma casa com jeito de profissional. Clique para ver maior.

Vocês sabem o quanto é desafiador para mim um post desse tipo. Afinal de contas, sei caminhar entre luxos e luxuosos, entre sofisticados e “sofisticantes”, entre elegantes e elegâncias mas é mais complicado lidar com a decoração simples, do dia a dia, com o que é belo e singelo. E não acho que isso seja bom, em absoluto, acho uma tremenda falha profissional para dizer a verdade. Reconhecer esta falha e ir pesquisando e driblando a falha, testando aqui e ali algum jeito de ir decorando, arrumando e organizando uma casa com simplicidade e beleza é para mim um grande desafio e é uma coisa que me coloco sempre pois sei que há gente que consegue e, como profissional, acho muito importante trabalhar com o baixo custo.

Panelas e escorredores que viram coloridas arandelas a serem usadas em qualquer lugar da casa.

Panelas e escorredores que viram coloridas arandelas a serem usadas em qualquer lugar da casa.

Agora vejam vocês: decoração de baixo custo, econômica, é um assunto de primeira necessidade que deve ser tratado com todo carinho e respeito, com toda atenção e talvez como uma disciplina em separado nos currículos de design de interiores. Na minha época não o foi, e eu acho uma pena. Tivemos sim, uma coisa aqui outra ali de como fazer um orçamento e de permanecer dentro dele, mas nada desafiador de fato. O desafio sempre foi a realidade. Ah sim, com um cliente sempre se precisa economizar, economizar e economizar, e aí fica complicado executar um projeto como se pensou (e como se convenceu ao cliente a fazer), em um país como o nosso, todo mundo sabe. Enfim, é um desafio para os donos de casa que fazem isso sozinhos, imaginem para quem é contratado, ou seja um profissional que é contratado para ter as melhores saídas e soluções a baixo custo. E não pensem que isso não existe pois existe sim: quem quer ver sua casa bem decorada, bem arrumada, contrata com prazer um profissional pois sabe que tudo sairá a contento e dentro do valor combinado, sem sustos.

Paineis artesanais feitos com tecidos escolhidos a dedo e molduras de bambu.

Vai daí que já falei por aqui que fui gentilmente convidada a colaborar com um board do Pinterest Brasil: é o “Decor econômico” e desde o mês de maio tenho colaborado . E vai daí também que tenho me esforçado por pesquisar sites, blogs e outros lugares na grande rede com boas ideias de baixo custo para todos os ambientes de uma casa. Não é tarefa fácil pois há muita cópia, mas é divertido por que a gente descobre muita coisa legal pelo caminho – e muita coisa ‘doida’ também  . Mas eu me sentia “devedora” de um (ou alguns) posts no blog, feitos por mim mesma, com ideias sobre este assunto em particular. Aí cá estou, tentando quitar essa dívida. Tenho certeza de que faltará muito a dizer e a mostrar, principalmente por que não tenho tempo de fazer eu mesma o que eu sei que é possível fazer de forma fácil, rápida e barata para decorar um lar. Mas enfim: vamos ficar com as ideias que já tive e que outros já registraram na grade rede, ok? É só uma pequena tentativa e, aos poucos, quem sabe eu melhoro? Bem, chega de “papÃO” inicial e vamos às dicas…

Você nem precisa saber o que tem de verdade embaixo da bela toalha - ou paneaux, tecido, lenço - que coloca sobre sua "mesa de cabeceira", ou "mesa lateral": basta que fique bonito e que apoie bem.

Você nem precisa saber o que tem de verdade embaixo da bela toalha – ou paneaux, tecido, lenço, etc. – que coloca sobre sua mesa de cabeceira, ou mesa lateral: basta que fique bonito e que apoie bem.

Uma das primeiras dicas boas e fáceis, e para quem está com a grana contada, serve para mesas laterais ou para mesinhas de cabeceira e foi das primeiras que aprendi em decoração e design: basta você usar um tecido bonito sobre “algo” que seja redondo – e aí vale de um barril a uma mesa velha e feia – e arrumar bem bonito como nas imagem acima. Agora pense em sua sala: como uma mesa lateral atende bem para colocar copos, revistas, livros, telefone, abajur, etc., sem que você gaste muito? E em seu quarto? Da mesma forma!

Já a mesa feita com porta e dois cavaletes começa simples assim...

Já a mesa feita com uma porta e dois cavaletes começa simples assim…

E pode ficar toda incrementada - e parte de uma boa decoração - assim!

… e pode ficar toda incrementada – e parte de uma boa decoração – assim!

E você sabia que faz uma mesa de estudos (ou pode ser de refeições, é claro), super em conta usando uma porta lisa mais dois cavaletes? Pois é, você encontra tudo isso no home center mais perto de sua casa e também pode variar, comprando pés metálicos com e sem rodízios, ou usando pés com sapatas, o que você decidir! A base é a porta, que você deve revestir com um plástico bem grosso, que a gente compra em casas especializadas. Para prender a dica é ter aqueles grampeadores fortões que também se acha em lojas de estofamento e ferramentas. Mas você pode usar contact, feltro, tecido grosso como brim, o que você achar mais legal. Claro, também pode pintar ou envernizar, mas aí tem que lixar a porta com muito cuidado e carinho para que não sobre nem uma farpa, buraco ou desnível na madeira – esse é o risco, pois pode machucar. Fica ótimo para um bom home office ou ateliê, sabia?

A estante feita com duas escadas e algumas prateleiras em madeira é prática e fácil de montar - além de barata, obviamente.

A estante feita com duas escadas e algumas prateleiras em madeira é prática e fácil de montar – além de barata, obviamente.

Seguindo a ideia da tábua de madeira revestida e dois suportes também tem a estante feita com duas escadas – que podem ser de madeira ou não – e prateleiras (ou tábuas compradas em serrarias, ou reaproveitadas de outro móvel, de outro lugar). Esta ideia é mais cara já que envolve duas escadas articuladas, mas se você souber fazer bem direitinho, pode ficar muito bom para um monte de livros, ou até mais bem arrumada, se você substituir as escadas por um par de biombos de metal – ou até quem sabe, usar só uma escada fixada no piso e no teto?  A imaginação é o limite! – Enfim, o que é preciso é que a estrutura resista bem e esteja bem equilibrada para receber o que você deseja colocar ali. E não precisam ser prateleiras muito largas: no máximo 30 centímetros já é muito – e cabe muita coisa e acumula muito peso também. O ideal fica entre 15 e 20 centímetros. Agora, no comprimento, eu gosto das bem compridas… Já para os acabamentos, eu gosto de misturar metal com madeira crua, então eu procuraria por escadas usadas em madeira e prateleiras de metal igualmente bem surradas e daria uma pintura e um verniz. Ou então, a ideia da estrutura de biombos de metal com prateleiras de madeira bonita com um toque de cera (muito bem lixadas para não machucar ninguém, é claro), e por aí, ao infinito e além…

Uma variação, com as escadas de ponta cabeça, que devem ser fixadas à parede.

Uma variação, com as escadas de ponta cabeça, que devem ser fixadas à parede.

E percebam: estou falando da montagem de móveis, coisa que a maioria das pessoas faz sem depender de outra pessoa, sem depender de ferramentas, sem depender de nada. E para quem usa bem uma furadeira, uma serra (mesmo que pequena), uma parafusadeira, ah, muito mais pode ser feito…

E não vamos ficar só nos móveis, vamos pensar também em decoração on a budget para revestimentos?

[O painel de bambu quase sempre é visto como indicado para exteriores ou decoracao rustica, mas pode ser usado em lugares sofisticados com este da Oré Brasil Painel feito com simples fitas de cetim dá outro sabor à casa...]

Os paineis de bambu quase sempre são vistos como indicados para exteriores ou em ambientes de decoração rústica, mas podem ser usados em lugares sofisticados como o da imagem.

Painel feito apenas com um belo tecido, esticado com estrutura apropriada, dá bem a ideia do subterfúgio para esconder um problema na parede.

Painel feito apenas com um belo tecido, esticado com estrutura apropriada, dá bem a ideia de um subterfúgio para esconder um problema na parede.

Um panneaux - que pode ser um foulard francês, uma manta marroquina, um saree indiano ou uma tapeçaria europeia - também vai muito bem em inúmeras situações, a baixo custo e com grande efeito visual.

Um panneaux – que pode ser um foulard francês, uma manta marroquina, um sári ou saree indiano ou uma tapeçaria europeia – também vai muito bem em inúmeras situações, a baixo custo e com grande efeito visual.

Mas nas paredes, dá para inovar bastante: de um simples tramado de fitas que você mesma faz e pode ficar fixo numa estrutura de madeira ou bambu, a um verdadeiro canvas que você mesmo pintou e pode se orgulhar com a famosa frase “fui eu que fiz” para as visitas, todo tipo de painel é possível de se criar para recobrir paredes com problemas diversos que não podem ser resolvidos de imediato. Os paineis de madeira, fibra, bambu e outros materiais naturais sempre foram muito badalados, mas você pode tanto encomendar um tecido exclusivo a uma empresa, quanto customizar algo que você já tenha. O importante é usar bem este recursos.

Uma pintura especial como esta pode ser treinada em casa, é de grande efeito e grande beleza.

Uma pintura especial como esta pode ser treinada em casa, é de grande efeito e muito bela.

Este é um mural simples que pode ser feito com fitas adesivas coladas à parede delimitando os lugares onde cada cor será pintada/aplicada. Clique para ver maior.

Este é um mural simples que pode ser feito com fitas adesivas coladas à parede delimitando os lugares onde cada cor será pintada/aplicada. Clique para ver maior.

Claro que uma boa pintura resolve tudo, mas também, além de não ser viável para todos do ponto de vista financeiro, também pode representar incômodo para algum morador da casa. Portanto, experimente pintar pouco e certo: um pouco hoje, outro tanto amanhã e – sim, você obterá a parede mais machada do planeta – que pode ser a mais bonita e interessante também. Aliás, neste capítulo – tinta e suas infinitas possibilidades – se abre um capítulo infindável… Olhe para a variedade de estilos em arte e, dentro deles, para a quantidade de estilos de artistas plásticos que existem, e você se convencerá que pode criar uma pintura decorativa para sua casa sem que tudo pareça infantil ou mambembe. Não estou te estimulando a jogar tinta na parede de qualquer jeito nem a pintar com as crianças e fingir que gostou. Não: pense em coisas simples, como carimbos de madeira (ou até feitos com batatas, com frutas que tenham um desenho interessante), estêncil – que nada mais são que moldes que auxiliam você a pintar uma padrão bonito em uma superfície – rendas, fitas que determinam limites para pintar xadrezes ou linhas de cores – ou tons sobre tons – enfim: coisas que parecem feitas por profissionais, que parecem papel de parede, mas que foram feitas na simplicidade, na calma e na organização de quem tem grana limitada e vontade de ter uma casa bem bonita.

A pintura utilizando os estêncils é das mais fáceis e de efeito decorativo mais imediatos.

A pintura utilizando os estêncils é das mais fáceis e de efeito decorativo mais imediatos.

Os adesivos também impactam bastante e mudam qualquer ambiente rapidamente. Mas atenção: saber aplicá-los bem é uma arte...

Os adesivos também impactam bastante e mudam qualquer ambiente rapidamente. Mas atenção: saber aplicá-los bem é uma arte…

Não quer tinta? temos ainda os famosos adesivos, a tape art – que é coisa nova feita com material antigo com nova roupagem – e vai ter post só pra isso, aguarde! – mais grafismos, desenhos com caneta Bic, seu amigo grafiteiro que faz coisas incríveis…

Ufa! o capítulo “parede decorada de baixo custo” dá muito mais que um livro. Solte a imaginação, as bruxas, os duendes e as feras. Mas se solte e crie algo só para você, que só você tem. Depois, mude: a vida é mudança.

Já viu as belas luminárias feitas com bolas de gude que há por aí? Todas artesanais, i.e. DIY!

Já viu as belas luminárias feitas com bolas de gude que há por aí? Todas artesanais, i.e. DIY!

Já escrevi muito e ainda há muito a dizer. Luminárias transadas e belas feitas por você. Reaproveitamento de móveis antigos de uma nova forma. Também tem o capítulo exclusivo de adornos e acessórios (cortinas, almofadas, toalhas de mesa e tanta coisa que vai decorando um lar sem que se precise gastar muito). E um capítulo difícil mas também possível: as áreas molhadas. Banheiros e cozinhas que precisam ser renovados com pouco ou muito pouco. Para tudo isso, devagar vou escrevendo uma dica aqui, uma receitinha ali. Muita gente já fez isso, mas vou ajudar um pouco, quem sabe. Um super exercício para a pessoa que vos escreve. Obrigada pela atenção!

Related Posts with Thumbnails
Share

Deixe um Comentário