nav-left cat-right
cat-right

Consulta 2 – Sala de estar e jantar

“Eu ainda não sei o que fazer na sala do meu apartamento. A minha sala é toda bege: cortinas de voil marfim, sofás de chenile bege, piso na cor marfim. Enfim a base é clara, mas está super sem graça. As paredes são todas brancas e os portais também. Apenas a porta social foi trocada por uma nova. A cor é escura.

Pretendo trocar a mesa de jantar, a mesa de centro e de canto. A TV deverá ser trocada por uma de LCD, talvez uma de 50 polegadas. Portanto o atual rack não será mais utlizado. Preciso saber se ponho a TV nova na parede (tipo um painel de madeira ou direto na parede) ou compro um rack mais estreito para colocá-la.

Pretendo ficar com os sófas. As almofadas coloridas são antigas. Coloquei só pra dar um colorido mas não gosto delas também. A mesa de jantar é outra que vai ser trocada pois é antiga e muito alta numa casa de gente baixinha!

O pé direito tem 3 metros de altura. Eu não rebaixei o teto nem mudei a iluminação (exceto sala de jantar que coloquei um pendente).

O hall de entrada eu estive pensando em colocar um aparador e um espelho no lugar do quadro que está lá.”

Marcia Mello – Rio de Janeiro

Proposta criada em conjunto com a designer de interiores Rosana Silvawww.simplesdecoracao.com.br

Imaginamos criar um espaço com base neutra, aproveitando alguns dos móveis que já estão no espaco e colocando pontos de cor nos acessórios, que podem incrementar bastante o visual. Todos os itens que tiverem madeira em seu acabamento devem ser em meio tom, isto é, um tom amarelado mais para o escuro, tipo mel. Se fosse para especificar exatamente eu diria que seriam móveis com acabamento em teca – que tem um meio tom muito bonito e veios fortes bastante interessantes – a imbuia mel ou a nogueira clara.

Planta-baixa proposta. Clique para ver maior.

Mantivemos o piso como está e a maior parte das paredes em branco, mas, como se vê nas perspectivas, você também pode utilizar um off-white em tom de verde bem clarinho. Para o hall escolhemos um tom de verde mais forte, tipo musgo, mas não tão escuro. E para o “L” da sala de jantar, um papel de parede em listas horizontais com diversos tons de verde.

Vista hall, jantar e estar. Clique para ver maior.

Observe que o hall tem apenas a pintura em verde mais forte, um espelho que cobre toda a parede e uma prateleira fixada à parede na mesma madeira definida para os demais móveis: teca. Esta simplicidade vai te permitir ter belos adornos sobre a prateleira, um lugar para chaves, bolsas, etc., e até uma pequena luminária.

Para a sala de jantar imaginamos um papel de parede com listas verdes variadas na horizontal. Este efeito também pode ser obtido com pintura simples, demarcando as faixas – de larguras variadas – com fita crepe. Um bom pintor consegue fazer isso facilmente.

No caso da sala de estar, mantivemos os sofás de dois e três lugares, revestidos num chenile neutro. Desta forma mantemos a base neutra e usamos almofadas em lonita ou em tecido de algodão nas cores verde e vermelha.

Neste espaco incluimos dois pufes simples de 45 x 45 cm. As poltronas seguem o mesmo estilo das cadeiras do jantar, em fibra, só que com braços. Para a mesa de centro, uma peca de bom design toda em madeira, no tom que deve ser seguido por todos os demais móveis em madeira. No caso das poltronas, as almofadas devem ser em tecido neutro. Os pufes ficam perto delas para dar apoio, e devem ser revestidos no tecido vermelho listado.

A mesa lateral deve ser redonda com cerca de 60 centímetros de diâmetro. O ideal é que tenha base de madeira e tampo em vidro cristal, para dar maior leveza.  Sobre ela use um abajur.

Próximo a esta mesa você pode colocar um vaso de planta alta, com uma palmeira Ráphis, por exemplo. Para o tapete, escolhemos um tom fechado de marrom ou castor, que tenha 3 m X 2,40 m, para que fique embaixo dos sofás e poltronas.

Para as paredes desta área imaginamos diversos quadros pequenos e variados, sem um alinhamento exato na parede, de modo que a família possa ir colocando mais peças com o passar do tempo. Dê preferência às fotos em preto e branco e complete com alguns quadrinhos coloridos. Todos devem ter passe-partout em branco e moldura de madeira em qualquer tom.

Parede sala de estar. Clique para ver maior.

No caso da cortina, ela pode ser neutra e num tecido com bom caimento: linhão, shantung e até mesmo um brim leve, para que cubra um black-out com perfeição e não “se envolva” com o restante dos tecidos da sala. O black-out vai ser importante por causa da futura TV.

Do outro lado da sala vem o painel para a TV. Pensamos nele em teca com um armário baixo (até 45 cm de altura), para guardar DVDs, manuais, controles-remotos, etc. A frente deste armário, e as prateleiras do lado e acima da TV, se houverem, devem ter acabamento em branco. Veja o desenho:

Esquema do móvel para TV. Clique para ver maior.

Este painel deverá ter recortes para a passagem do cabeamento da TV para os acessórios – DVD e receptor de TV a cabo – bem como dos acessórios para a TV. Caso você adquira equipamentos de home-theater no futuro, deve pensar em nichos na parte de baixo do móvel, igualmente com recortes para passagem do cabeamento das caixas entre si e entre a TV.

Continuando nesta mesma parede, imaginamos um buffet para guardar as louças mais finas e objetos utilizados no jantar. Ele fica em frente à mesa de jantar e pode apoiar vários adornos bonitos. Ele deve ter os mesmos acabamentos do painel – branco com madeira, conforme desenho abaixo:

Vista parede do buffet. Clique para ver maior.

Na parte superior, pensamos em um mosaico de espelhos, que podem ser colados diretamente sobre a parede, ou em adesivos espelhados com um desenho que você goste. Se preferirem, claro que uma bela composição de quadros, ou um quadro só, acima do buffet, fica ótimo.

Share